Famoso Pé

Entenda a Doença/Joanete, Deformidades dos dedos do pé e Calosidades no pé


03 de Fevereiro, 2017.

Quando devo me preocupar com o joanete?

Quando existem calosidades dolorosas no pé e alterações na forma do pé e dos dedos que causam dores frequentes e por vezes até feridas

Esta técnica de correção percutânea é segura?

Essa cirurgia já é realizada na Europa há pelo menos 10 anos e por lá, onde milhares de casos já foram feitos, ela é considerada o “padrão-ouro”. Os estudos mostram que a capacidade de correção dessa técnica é semelhante à cirurgia aberta tradicional, mas a grande vantagem é a tranquilidade do pós-operatório, em que o paciente pode inclusive pisar logo após a cirurgia, com reabilitações mais rápidas, retorno precoce às atividades habituais e menores índices de complicações relacionadas a infecção e problemas com a ferida operatória. É tão segura que abriu um leque de possibilidades para correções em pacientes com pé diabético.

Cirurgia de joanete dói?

Nos últimos anos a cirurgia do pé tem trazido diversas novidades interessantes e evoluções no tratamento das deformidades dos pés, especialmente na região dos dedos, que chamamos de “antepé”. Tradicionalmente a correção de deformidades dos dedos, especialmente o joanete, é conhecida como uma cirurgia extremamente dolorosa e com grande sofrimento no pós-operatório. Contudo, quem precisar se submeter a esse procedimento hoje pode ficar mais tranquilo. Já existe uma técnica minimamente invasiva, que veio para desmistificar completamente o trauma desta cirurgia. O procedimento é realizado com anestesia só do pé, apenas com “furinhos” de 2 a 3 milímetros, o que permite um pós-operatório extremamente tranquilo, praticamente sem dores, em que o paciente está liberado para pisar logo após a cirurgia.

Quando operar joanete

Joanete é uma deformidade localizada no segmento anterior do pé (antepé), que acarreta alargamento do pé e pode ocasionar também desalinhamento dos demais dedos. Quando estas deformidades são leves e não provocam incômodo, não há necessidade de correção. Por outro lado, devem ser corrigidas em deformidades maiores e principalmente quando produzem desconforto ao usar calçados, e calosidades, não só na região do joanete, mas em qualquer ponto do antepé. Assim, não é necessário esperar que estas deformidades se tornem muito severas para se fazer a correção. Além disso, deformidades muito acentuadas necessitam procedimentos maiores e com resultados menos satisfatórios.

Dicas de saúde para os pés

Fique descalço sempre que possível
Use calçados com solado flexível e sem salto, no dia a dia
Calosidades recorrentes nos pés devem ser avaliadas pelo médico, não apenas por pedicuro.

Joanete pode trazer consequências para o restante do corpo?

Primeiramente lembremos que nossos pés carregam todo o peso do corpo. Qualquer alteração que leve a modificações do apoio do pé no solo pode provocar alterações na distribuição de cargas que passam pelo tornozelo, joelho, quadris e finalmente a coluna. Essas mudanças podem ocasionar problemas em outros locais. Assim, devemos estar atentos a isso, pois a longo prazo outros problemas podem ser gerados por alterações da pisada.

Qual a causa do joanete e o que posso fazer para prevenir?

Na gênese do joanete existem fatores genéticos e comportamentais. Nos fatores genéticos ainda não podemos atuar, porém nos comportamentais há o que ser feito. Sabe-se que salto alto e bico fino produzem vetores de força deformantes no pé que podem causar deformidades, em especial joanete. Assim deve ser evitado o uso exagerado desses calçados.